Newsletter


Associação dos Agentes Funerários acusa Governo de destruir setor

Para João Barbosa, a intenção do Governo de coligação é potenciar a promiscuidade e financiar de forma indireta as IPSS.

De acordo com os números da associação, as agências funerárias do país têm cerca de cinco mil trabalhadores.

João Barbosa espera por isso que haja bom senso político para fazer reprovar a proposta de lei.

Ouça a entrevista

http://www.tsf.pt/paginainicial/AudioeVideo.aspx?content_id=3796879

 

 

 
seta

voltar atrás

 

Pesquisa

Links Rápidos

banner municipios OFF
banner freguesias OFF
banner igrejas OFF

banner cemiterios OFF

banner hospitais OFF

banner lei OFF

banner archive OFF

banner apoio OFF

"Apoio jurídico prestado exclusivamente a associados e, nos termos do disposto no nº 3 do art. 6º da Lei 49/2004 de 24 de Agosto"